Thoughts about Somalia

Living in the US for over a year and a half now, it's impossible not to notice the amount of media coverage Trump gets (or anything slightly related to him for that mater) in comparison to urgent events happening in the USand in the world.

media-coverage.jpg

New dates and cities I'll be giving talks and workshops soon

Hey there! I have news and I'm really excited about them! I'll be in some cities around the US to give talks and workshops about or related to comics and illustration in the upcoming days/months. It kind of makes me feel like I'm a pop singer on tour (Madonna of course, if I could choose). Here are they:

  • Aug 6th- TampaBay ComicCon - Tampa, FL (Talk: LGBT representation in comics)
  • Aug 28th- Fort Collins ComicCon - Fort Collins, CO (Talk: LGBT representation in comics)
  • Aug 30th- Colorado State University - Fort Collins, CO (Comics/script workshop)
  • Oct, 12th- Harvey Mudd University - Claremont, CA (Talk: LGBT representation in comics)
  • Nov 10th- Washington University - Seattle, WA (Comics/script workshop)
  • April 14th- California College of the Arts- Queers & Comics 2017, San Fransisco, CA (Talk: LGBT representation in comics)

Stay tuned because more dates around the country are going to be added! If you're a student in one of these universities or if you're attending one of these Cons, I'd be happy to see you there! :)

Kris

Door Face Project (2011)

A series of stickers I did back in 2011 with faces at my apartment in São Paulo. I did a new one every Sunday so my neighbors would start their week with something funny/intriguing in their minds. :P

Essa coisa louca chamada Coincidência (featuring a Internet)

Em janeiro uma banda de Leeds (Inglaterra) achou minhas ilustrações online e me contratou para desenhar os 10 membros da banda (Kalyan Music, ouça, recomendadíssimo). Estou no Reino Unido desde setembro e, por obra dessa coisa linda chamada destino/coincidência, um evento de quadrinhos (Thought Bubble Sequential Art Festival) estava acontecendo na cidade de Leeds na mesma semana que estaria passando por cidades próximas.

Quem me disse desse festival foi um ótimo quadrinista que mora em Boston (Tim Fish) que eu ainda nem conheço pessoalmente, mas que me deu vários conselhos pelo Facebook quando eu estava começando a fazer o Torta de Climão, há 3 anos. Ele sabia que eu estava em Londres e tentamos fazer nossas agendas coincidirem, mas acabou não dando certo. Ele chegou em Londres no dia que eu fui embora.

Soube pelo site do Festival que ele me indicou que haveria uma roda de discussão sobre quadrinhos LGBT. Entrei em contato, participei, e a organizadora era amiga de um dos membros da banda. Coincidentemente, alguns membros estariam sendo anfitriões de um evento do festival, com live-comics coletivos, ilustradores, música e bebida. Foi tudo muito divertido e prazeroso. 
Taí algo que eu não imaginaria que fosse acontecer no começo do ano quando ilustrei a banda, ainda morando no Brasil. O mais legal é que eu não tenho NENHUMA foto dessa noite! Isso geralmente acontece comigo em dias inesquecíveis.
Ah, a internet, quando usada por gente amigável e disposta a se ajudar/se encontrar e se divertir junto, é uma coisa linda!